terça-feira, 22 de Abril de 2014

De volta a vida saúdavel

Então né..
Depois do susto que eu levei.. acho que foi mais um puxão de orelha que Papai do Céu resolveu me dar.. pra ver se eu tomava vergonha na cara e me cuidava.. resolvi aproveitar essa segunda chance, ou melhor.. agarrar com unhas e dentes..
Ainda estou devagar nos exercícios, mas tenho feito pequenas caminhadas, e quando estou sem peso, subo as escadas do prédio ao invés de utilizar o elevador..moro no 4º andar..
Bem.. voltei p nutricionista e descobri que já perdi (e não quero mais encontrar) os quilos que ganhei no hospital..
A situação já esteve bem pior.. por enquanto estou seguindo um R.A bem leve.. até porque não posso comer muita coisa pra não interferir com a medicação que tenho que tomar.
A nutri me deu um bloquinho pra fazer a lição de casa e anotar tudo o que eu como, os horários e a quantidade de agua.. tudo.. Ja que não consegui fazer isso no blog.. vou tentar no caderninho..
Vou ficar com uma dieta de 1000 a 1200 calorias por dia, e posso escolher uma refeição por semana para jacar.. mas é melhor que isso não aconteça..

Os resultados da consulta são
data- 21-04
Peso 111,4
Altura, 1,70
IMC  38,6
Massa Gorda 46,4%
Massa Muscular (magra) 56 k
Agua Corporal 40,6%
Massa óssea 3,0 k
Idade Metabólica 51 anos.. (oi?? 51? bora baixar isso ai, já)

A meta é voltar la no próximo dia 8 de maio com menos 3 quilos..

Amanha tenho uma entrevista para  uma proposta de trabalho, e estou mtooo entusiasmada..
Se alguém aparecer por aqui.. e ler.. torça por mim, reze, ore, enviem vibrações positivas.

Beijokas

quinta-feira, 3 de Abril de 2014

O maior susto da minha vida..

O post é longo.. mas é super sério pra quem tiver paciência de ler..

E eis que eu criei coragem e vergonha na cara..Ano passado, depois de ter ficado desempregada... outras coisas ruins aconteceram..
Como consequencia, ou como desculpa... deixei de lado a dieta, a hidro.. e voltei a minha vida de gorda..
Com plena consciência de que eu estava me matando..
Nunca tive nenhum problema de saúde relacionado a obesidade. mas tenho plena consciência que a comida pode me levar a morte por falta de sensatez mesmo.. eu como desesperadamente como se o mundo fosse acabar e eu precisasse estar saciada.. :(
No dia 7 de Fevereiro, estava sozinha em casa e me preparando p dormir.. estava mto frio e pra dormir mais
aconchegada fui preparar um chá e aquecer agua para por numa botija e assim mantenho os pés aquecidos durante a noite toda..
Assim que me levantei, senti um pouco de falta de ar, mas não dei importância, fui p cozinha e enquanto abria a torneira senti uma tontura mto forte, lembro que desliguei a torneira e olhei para a cadeira pra ver se conseguia ir me sentar.. e só.. depois acordei no chão da cozinha, e não conseguia me mexer.. não conseguia respirar, e estava toda molhada porque a agua do caneco virou toda no chão.. por Deus mesmo isso aconteceu antes de aquecer a agua..
Nunca fiquei tão desesperada na vida..
Eu só conseguia clamar a Deus pra não me deixar morrer aqui no apartamento sozinha.. iam levar dias pra me encontrar..eu estou desempregada, meu namorado estava fora do país, e como eu estava meio gripada, disse a todos os amigos que ia passar o fim de semana na cama, descansando..
Não tenho noção exata de quanto tempo fiquei no chão da cozinha..mas foi algum tempo...
Não conseguia chegar no quarto pra pegar o telemóvel e pedir ajuda..
Quando cheguei no corredor, comecei a sentir náuseas.. me arrastei até o banheiro e vomitei muito..também tive diarreia. e mais uma vez fiquei sem conseguir me mexer..com muito esforço, consegui chegar no quarto, e liguei para a emergência.. em 5 minutos a ambulância estava aqui em casa e me levaram p hospital..
No começo suspeitaram só de uma queda de pressão.. mas eu desmaiei novamente no hospital.. e com os exames, foi diagnosticado uma embolia pulmonar maciça..
Fui direto para a uti, fiquei la uma semana, depois outra semana em observação na enfermaria..
Durante o período que estive internada só pensava porque eu tinha largado a minha vida saudável..
Mas ja era tarde pra chorar.. eu estava ali.. tomei um susto mto grande, o maior da minha vida..
E assustei muita gente também.. :(
Depois que tive alta, foi recomendado que eu ficasse em repouso absoluto pelo menos até fazer os exames..
Depois que fiz os exames mais ou menos 15 de Março, tive autorização pra recomeçar caminhadas leves, e para procurar uma nutricionista e seguir novamente uma dieta balanceada..
Comecei com as caminhadas, mas me sinto muito cansada.. então a médica suspendeu por enquanto, até fazer o próximo exame..
Também vou fazer uma prova de função respiratoria e ver se existe algum dano..
Queria voltar pra hidro, mas ainda estou desempregada..
Vim contar o meu susto pra vocês..
e em breve, volto com noticias boas se Deus quiser..
Preciso voltar a minha vida..
E aproveitar essa segunda chance que Deus me deu.
=============
Uma observação a fazer.. fui levada para um hospital publico aqui de Lisboa.
Sinceramente, tinha muito medo de hospital publico.. e deve ser trauma do Brasil..
Mas nunca fui tão bem atendida em nenhuma clínica/hospital particular.
Tinha lá um enfermeira super carinhosa que todos os dias em que ela esteve la comigo, ela depois de me dar banho sempre fazia penteados no meu cabelo.. um dia era trança de um lado, no outro dia era trança do outro.. Super querida. Gente que tem amor a profissão e eu estou extremamente grata, não só a ela que me mimou o tempo todo, mas com todos os profissionais daquele hospital.
Outra observação interessante.. tanto o médico da emergência que diagnosticou o meu problema, quanto a uma das internas responsáveis pelo meu acompanhamento, são brasileiros.. e fiquei super orgulhosa se saber que gente da minha terra ainda escolhe a saúde por amor a profissão e não por status..

Beijocas pra quem ainda passar por cá..

domingo, 10 de Novembro de 2013

Felizzz

Estamos agora no Outono..
E é hora de começar a arrumar o guarda roupa, deixar mais fácil o acesso as roupas de inverno e guardar as roupas de verão.. Afinal, agora só volto a vesti-las em Abril ou maio.

Então.. sei que tenho andado sumida..
Adoeci, há 3 semanas ou mais, não dou as caras na piscina..
Mas hoje..
Quando estava arrumando os casados fui ver se algum ainda me servia, porque não noto que tenha emagrecido..
Tinha uns casacos que eu já até ia doar..
Maaassss eles me servem :D
Casacos que não fechavam, fecham direitinho.
E eu fiquei felizzz, felizzz.

Outra novidade, é que agora tenho uma nutricionista aqui em casa, bom demais né?

Beijinhos
até qualquer dia.

domingo, 6 de Outubro de 2013

Felicidade

Parece que tem horas que o universo conspira contra..
Acredito muito em Deus, e acredito que nada acontece que nao seja a vontade dEle.
Uns dias atras vim contar da minha situação no trabalho, dias acabou um relacionamento.. ja estava ruim.. tinha que acabar mesmo.. mas é sempre dificil dizer adeus.. desapegar.
E por falar em desapego..
Sexta feira cheguei em casa, e encontrei meu apartamento revirado..
fui roubada.. levaram além das coisas de valor, coisas que tinham valor sentimental..
Com isso o meu disturbio alimentar nao tem andado muito controlado.. ontem e hoje, foi um lixo total..
Nao durmo bem, como tudo o que aparece na frente..
 
Mas amanha é outro dia..
Deus esta no comando..
e encontrei esse texto lindo, resolvi compartilhar com voces..
Beijos, otimo domingo.
Torçam por mim.
 
 

"A felicidade é a soma das pequenas felicidades. Li essa frase num outdoor em Paris e soube, naquele momento, que meu conceito de felicidade tinha acabado de mudar. Eu já suspeitava que a felicidade com letras maiúsculas não existia, mas dava a ela o benefício da dúvida. Afinal, desde que nos entendemos por gente aprendemos a sonhar com essa felicidade no superlativo.
Mas ali, vendo aquele outdoor estrategicamente colocado no meio do meu caminho (que de certa forma coincidia com o meio da minha trajetória de vida), tive certeza de que a felicidade, ao contrário do que nos ensinaram os contos de fadas e os filmes de Hollywood, não é um estado mágico e duradouro.

    Na vida real, o que existe é uma felicidade homeopática, distribuída em conta-gotas.
    Um pôr-de-sol aqui, um beijo ali,
Uma xícara de café recém-coado,
Um livro que a gente não consegue fechar,
U
m homem que nos faz sonhar,
U
ma amiga que nos faz rir.
São situações e momentos que vamos empilhando com o cuidado e a delicadeza que merecem, alegrias de pequeno e médio porte e até grandes (ainda que fugazes) alegrias.
'Eu contabilizo tudo de bom que me aparece', sou adepta da felicidade homeopática. 'Se o zíper daquele vestido que eu adoro volta a fechar (ufa!) ou se pego um congestionamento muito menor do que eu esperava, tenho consciência de que são momentos de felicidade e vivo cada segundo.
Alguns crescem esperando a felicidade com letras maiúsculas e na
primeira pessoa do plural: 'Eu me imaginava sempre com um homem lindo do lado, dizendo que me amava e me levando pra lugares mágicos'.
Agora, se descobre que dá pra ser feliz no singular:
'Quando estou na estrada dirigindo e ouvindo as músicas que eu amo, é um momento de pura felicidade. Olho a paisagem, canto, sinto um bem-estar indescritível'.
Uma empresária que conheci recentemente me contou que estava falando e rindo sozinha quando o marido chegou em casa. Assustado, ele perguntou com quem ela estava conversando: 'Comigo mesma', respondeu. 'Adoro conversar com pessoas inteligentes'.
Criada para viver grandes momentos, grandes amores e aquela felicidade dos filmes, a empresária trocou os roteiros fantasiosos por prazeres mais simples e aprendeu duas lições básicas:
1   . que podemos viver momentos ótimos mesmo não estando acompanhadas e
2   . que não tem sentido esperar até que um fato mágico nos faça felizes.
Esperar para ser feliz, aliás, é um esporte que abandonei há tempos. E faz parte da minha 'dieta de felicidade' o uso moderadíssimo da palavra 'quando'.
Aquela história de 'quando eu ganhar na Mega Sena', 'quando eu me casar', 'quando tiver filhos', 'quando meus filhos crescerem', 'quando eu tiver um emprego fabuloso' ou 'quando encontrar um homem que me mereça', tudo isso serve apenas para nos distrair e nos fazer esquecer da felicidade de hoje.
Esperar o príncipe encantado, por exemplo, tem coisa mais sem sentido? Mesmo porque quase sempre os súditos são mais
interessantes do que os príncipes; ou você acha que a Camilla
Parker-Bowles está mais bem servida do que a Victoria Beckham?
Como tantos já disseram tantas vezes, aproveitem o momento, amigos. E quem for ruim de contas recorra à calculadora para ir somando as pequenas felicidades.
Podem até dizer que nos falta ambição, que essa soma de pequenas
alegrias é uma operação matemática muito modesta para os nossos tempos. Que digam.
Melhor ser minimamente feliz várias vezes por dia do que viver
eternamente em compasso de espera."
Leila Ferreira, jornalista

quinta-feira, 26 de Setembro de 2013

Segurando a barra

Oi gente..

tenho andado sem animo pra vir aqui..
Alias, sem animo para muita coisa..
continuo na hidroginastica, e a RA ta indo.. há dias que esta tudo 100%, há dias que não consigo..
Há uns dias atrás, fiquei sabendo que o departamento que eu trabalho vai encerrar dia 9 de Novembro..
levamos um susto..
primeiro porque eu não trabalho com mercado europeu, apesar de morar aqui..então não tem nada a ver com a crise da Europa..
depois porque trabalho para umas das maiores empresas do mundo..
Na verdade o departamento não vai encerrar.. só vai mudar de país.. como eu não cogito a ideia de sair de Portugal.. vou entrar no subsidio desemprego..
Tem prós e contras..
O seguro desemprego aqui, dependendo da idade, é pago por até 2 anos, no meu caso até 15 ou 16 meses.
E você ainda pode fazer alguns cursos gratuitos.. O valor não é mesmo do teu ordenado, mas é 75%, e de 6 em 6 meses, baixa cerca de 10%.

Passei uns dias bem mal depois desse susto, já estou melhor..
o mundo não vai acabar né?

Bola pra frente.

sábado, 7 de Setembro de 2013

...Continuando..

Faz tempo que não posto aqui..
Mas tenho feito muitas visitas..
Quando comecei escrever aqui, era um diário, mas ai, uma pessoa resolveu me seguir, depois outra e  depois outra.. e ainda bem que isso aconteceu..
Deixou de ser só o meu diarinho.. passei a compartilhar coisas da minha vida, e a conhecer outras pessoas que lutam pelo mesmo que eu.. sem julgamentos, sem preconceitos..
Mas eu passei a encarar o blog como uma obrigação..e deixou de ser legal.
Então resolvi durante um tempo ficar meio off.. só meio, porque eu continuei acompanhando as postagens das pessoas que acompanho..nem sempre comentando, mas sempre acompanhando.

Tenho novidades.. passei aos 115 :)
Me inscrevi na hidroginastica, e essa semana foi super difícil.. lidar com a vergonha de enfrentar um monte de gente que você não conhece, com trajes de banho.. não é, e não foi fácil.

Tenho ido.. enfrentado a vergonha.. a RA ta indo mais ou menos..

Comprei o livro do Dr Pierre Dukan.. (não gosto de livro on line.. gosto de folhear, marcar.. )
Meuuu.. to lendo ainda, pensando nos prós e contras.. como assim, tanto tempo sem comer frutas?? tão recomendado nas dietas??
Tem mta coisa que não sei se entra na minha cabeça, embora em alguns trechos do livro, eu acredito que ele esta falando exatamente comigo hahahaha loucura né?

Vocês que seguem Dukan.. tem alguma coisa pra me dizer? Prós, contras, sugestões?

Bjos amores..
Bom feriado ai pra vocês..

quinta-feira, 25 de Julho de 2013

Resistindo...


Tem que ser o mantra de todos os dias..
Só por hoje eu não vou comer doce...

Boa quinta feira pra todo mundo.
Bjos